O que você quer saber?

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

COM SALÁRIO E BENEFÍCIOS, SENADOR CUSTA ATÉ R$ 120 MIL POR MÊS

O salário mensal é de R$ 12.720, mas senadores têm direito a verba de até R$ 80 mil por mês para contratar assessores e R$ 15 mil para gastos no escritório do estado, entre outros benefícios.


O salário mensal de um senador é de R$ 12.720, mas o custo total de cada um para os cofres da União supera os R$ 120 mil por mês, considerando as verbas a que têm direito os 81 senadores do país.

Independentemente do tamanho ou do número de eleitores, cada um dos 26 estados e o Distrito Federal contam com três representantes na Casa, com mandato de oito anos.

Além do salário mensal, cada senador pode receber mais três salários extras (13º, 14º e 15º), R$ 2.750 para auxílio moradia ou residência oficial, R$ 15 mil por mês para gastos no escritório do estado e até 80 mil por mês para contratar funcionários comissionados.

Eles também podem gastar uma verba mensal por mês em correios. Segundo o Senado Federal, o valor destinado para postagens é proporcional ao número de eleitores de cada estado. Por exemplo, no menor colégio eleitoral do país, o Amapá, cada um dos três senadores podem gastar até R$ 3.200 por mês em correios. Já no maior (São Paulo), a verba mensal pode chegar até R$ 52 mil.

Também não há limite de gastos para os telefones fixos do gabinete e celulares dos senadores. Na residência oficial, o limite de gastos para telefone é de R$ 500 por mês. Os senadores têm ainda direito a carro com motorista, podendo utilizar uma cota de 25 litros de combustível por dia, além de receber oito passagens aéreas por mês para o estado onde tem seu domicílio eleitoral.

Um comentário:

  1. O menor eleitorado do Brasil não é o Amapá, mas sim Roraima.

    ResponderExcluir